Anuncie aqui

Policiais militares da Ambiental em cumprimento a Operação Servir e Proteger recebeu no dia 7 de novembro denúncia via web, sobre uma Arara Canindé ameaçada em extinção que estaria em cativeiro em uma residência.

No local os policiais constataram a existência do animal que não apresentava sinais de maus tratos. O proprietário da ave não possui autorização para mantê-la em cativeiro.

Anuncie aqui

Mediante o fato, fora elaborado um auto de infração ambiental no valor de R$5 mil por infringir os arts. 25 par.3 inc 3 da Res. SMA 48/14 e por tal ave constar na listagem oficial de ameaçados.

Autor orientado em relação ao atendimento ambiental. A ave será destinada para local adequado.

Anuncie aqui