Anuncie aqui

Vagas de emprego foram disponibilizadas pela prefeitura e empresas da cidade.

Um novo ciclo foi aberto nesta segunda-feira (22) na Ação Solidária de Inverno que acolheu pessoas em situação de rua no Ginásio Municipal Manoel Bortolotti em dias de baixas temperaturas. Com o apoio da prefeitura de Rio Claro e de empresas locais, 25 pessoas conseguiram vaga de emprego, outras 15 conseguiram atendimento em comunidades terapêuticas e cinco retornaram para suas casas restabelecendo o vínculo familiar. Em 15 dias de ação, mais de 120 pessoas foram atendidas, média diária de 47 pessoas para banho e alimentação, e 28 para pernoite.

Os postos de trabalho foram oferecidos pelas empresas Uai Salgados, Mercado Qualidade, Cesta Básica Brasil (CBB) e Luizzi Estofados, além do programa Nova Vida, mantido pela prefeitura através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social. As pessoas em situação de rua que conseguiram emprego serão acolhidas temporariamente até conseguirem local próprio na Casa de Passagem, que inclusive vai oferecer abrigo aos animais de estimação.

Anuncie aqui

Há três anos desempregado, Elber Paulo Nunes da Cruz foi contemplado com uma oportunidade de emprego. “Estou muito contente pela oportunidade que recebi para que eu possa ter uma vida normal”, afirmou. Da mesma forma, Oséias Ribeiro Coutinho agradece a chance de sair das ruas. “Achei ótimo esse projeto e essa oportunidade de emprego. Quero alugar uma casa e ter um lugar para morar”, informou.

“Foi perfeito”, resumiu Alex Fernando Arantes, que destacou a importância da ação ir além da doação de um prato de comida. “Sempre recebemos alimentação, mas agora conseguimos roupas, corte de cabelo, local para dormir e um emprego. Para mim, esse projeto fez muita diferença”, disse Alex, informando que em 20 dias engordou 15 quilos e ganhou nova aparência. Além disso, ele enalteceu o acolhimento na Casa de Passagem até conquistar um local próprio e o resgate do convívio familiar. “Voltei a falar com minha mãe e irmã há duas semanas”, contou.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, agradeceu às empresas, entidades, igrejas, voluntários e a comunidade que colaborou com o projeto. “Foi uma somatória de esforços e esse trabalho conjunto fez e fará diferença na vida de cada pessoa acolhida. Estamos fechando um ciclo e abrindo outro dando oportunidade de emprego e de dignidade”, assinalou Juninho, solicitando que as pessoas aproveitem essa chance para mudarem de vida.

Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, também agradeceu as pessoas que se engajaram na causa. “São nossos anjos, que não têm asas, mas têm braços e pernas fortes, e nos ajudaram a fazer a diferença na vida de quem mais precisa”, observou. “A comunidade de Rio Claro participou ativamente, com dedicação constante e intensa, para acolher e atender as pessoas em situação de rua que estão tendo oportunidade de reinserção à sociedade”, reforçou a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi.

A Ação Solidária de Inverno também teve apoio da Câmara Municipal. “Foi um trabalho que uniu pessoas de diferentes classes, ideologias, religiões, bairros, propostas, e quem ganha com isso é o ser humano”, salientou o presidente da Casa de Leis, André Godoy. “O projeto começou sensibilizando as pessoas e termina da mesma forma. Agradeço a todas as pessoas envolvidas no projeto que foram unidas pelo amor”, agradeceu a vereadora Carol Gomes, presidente da Frente Parlamentar de Pessoas em Situação de Rua da Câmara Municipal. “Foi um importante trabalho conjunto com participação do poder público, entidades, voluntários e a comunidade”, completou o vereador Geraldo Voluntário.

Do evento também participaram o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; os secretários municipais Daniela Ferraz (Cultura), Ronald Penteado (Esportes e Turismo), Maria Clélia Bauer (Saúde), Francesco Rotolo (Governo) e Rodrigo Ragghiante (Negócios Jurídicos); a superintendente do Arquivo Público, Monica Frandi Ferreira; representantes das empresas e entidades, servidores municipais, além das pessoas em situação de rua beneficiadas pela ação solidária.

Anuncie aqui