Anuncie aqui

Restaurantes populares passam por mudança na operacionalização do serviço, fechando temporariamente os salões de refeição

Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado anunciou o Bom Prato Express, serviço que realizará distribuição de refeições prontas em embalagens descartáveis para consumo em domicílio. Atendendo ao decreto do Governo do Estado e às medidas de prevenção à Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus), a partir desta segunda-feira (23), as unidades dos restaurantes populares Bom Prato passam por mudança na operacionalização do serviço, fechando temporariamente os salões de refeição.

Anuncie aqui

Para Célia Parnes, Secretária Estadual de Desenvolvimento Social, o novo formato garante a continuidade do serviço voltado a população mais vulnerável. “Essa e outras medidas da pasta social estão sendo anunciadas como parte dos esforços de combate ao coronavírus”, comenta a secretária de Desenvolvimento Social do Estado.

Além disso, a unidade Bom Prato do Tucuruvi será reinaugurada amanhã (24) em novo endereço – Av. Nova Cantareira, 2099. O equipamento já atenderá em novo formato, servindo as refeições em embalagens descartáveis para consumo em domicílio.

“O restaurante está sendo reinaugurado neste momento, pensando na população mais vulnerável da região, já que, assim, garantimos uma refeição de qualidade e a baixo custo”, completa Célia Parnes.

Desde a inauguração, em 2006, a unidade já serviu mais de 4,2 milhões de refeições. O Bom Prato do Tucuruvi serve diariamente 1,5 mil refeições, sendo 1,2 mil almoços, por R$ 1,00; e 300 cafés da manhã, por R$ 0,50.

Sobre o programa

O Programa Bom Prato, do Governo do Estado de São Paulo, foi criado em dezembro de 2000 com objetivo de oferecer à população refeições saudáveis e de alta qualidade a custo acessível.

A alimentação é balanceada com 1.200 calorias, composta por arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa (geralmente uma fruta da época). O subsídio governamental é de R$ 4,70 para adultos e de R$ 5,70 para crianças com até 6 anos, que têm a refeição gratuita.

Já o café da manhã é oferecido leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição tem 400 calorias em média. Em setembro de 2011, o café da manhã foi implantado em todos os restaurantes.

Anuncie aqui