Pacientes a partir dos 50 anos podem fazer exame gratuito sem necessidade de pedido médico. Distribuição de senhas tem início às 9 horas e aos sábados às 8 horas.

O atendimento na carreta da mamografia, do Programa Mulheres de Peito, teve início na manhã de quinta-feira (14) no Espaço Mais Saúde em Rio Claro, na Avenida Visconde com Avenida 10.

Mulheres com 50 anos ou mais podem fazer exames gratuitos para prevenção do câncer de mama sem necessidade de pedido médico, apresentando apenas documento de identidade e cartão SUS.

Uma das primeiras pacientes a fazer o exame nessa quinta, Sandra Pagano Ferreira Bueno, elogiou o atendimento. “Fui muito bem atendida. Cheguei e já me deram a senha e logo já fiz o exame. Achei ótimo e espero que as mulheres venham mesmo e façam a mamografia, é muito importante”, disse Sandra.

As mulheres com idade entre 35 e 49 anos devem apresentar solicitação médica, cartão SUS e documento de identidade. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas e aos sábados das 8 às 12 horas. O controle de atendimento é feito mediante distribuição de senhas. São distribuídas 50 senhas por dia, sendo 25 aos sábados, quando só há atendimento pela manhã.

“No ano passado já tivemos com sucesso a carreta da mamografia no Espaço Mais Saúde, agora solicitamos ao governo do Estado a unidade do Mulheres de Peito, porque a prevenção é fundamental para a saúde da mulher”, disse o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

A fila de espera para mamografia foi zerada no ano passado, com o auxílio do Espaço Mais Saúde. Hoje a espera é muito menor.

A carreta fica no município até dia 30 março, sendo que os dias 29 e 30 serão reservados para atendimentos específicos, como casos em que o exame precise ser refeito. O atendimento geral, com distribuição de senhas, será até dia 28. Além de Rio Claro, o objetivo é atender também mulheres de Analândia, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina e Santa Gertrudes.

De janeiro de 2017 a março de 2018 quase seis mil pacientes realizaram mamografia em Rio Claro, que zerou a fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para esses exames. A mamografia deve ser feita anualmente por todas as mulheres acima de 50 anos de idade. Para as mais jovens, quando há indicação médica. Para ter acesso ao exame na rede pública, as mulheres também podem procurar a unidade de saúde mais próxima de suas casas.
Essas quase seis mil mamografias foram realizadas no AME (Ambulatório Médico de Especialidades, do governo estadual), na Gold Imagem, por meio de contrato estabelecido com a Santa Casa de Misericórdia, e na carreta da mamografia que estava no Espaço Mais Saúde no ano passado.