Obra está sendo realizada pela CPOS, sem custos para os cofres públicos municipais.

Os preparativos para a demolição de parte do antigo paredão da Fepasa, na Avenida 22-A com Rua 6-A, começou na segunda-feira (11). A proteção com tapumes para isolamento da área teve início e o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, acompanhou parte do serviço. “Reduzir esse paredão é um pedido antigos de moradores e pessoas que circulam por essa região, é muito bom ver que, finalmente, esse problema está sendo resolvido”, comenta Juninho, que esteve acompanhado pelo responsável pela obra, Vítor Paulo Guedes Pedrosa.

O serviço está sendo feito pela Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS) com a qual a prefeitura vem conversando desde o ano passado para que o problema do paredão seja resolvido. Em janeiro, o engenheiro da CPOS, Ricardo Ronquim, esteve no município e conversou sobre o assunto com o prefeito Juninho, que colocou os setores de Defesa Civil e de Mobilidade Urbana do município à disposição para que deem todo o apoio necessário à obra.

O paredão oferece risco de desmoronamento, situação que se agravou com um incêndio na área das antigas oficinas da linha férrea. Para resolver o problema o paredão será parcialmente demolido, sendo reduzido nesse trecho até a altura do muro de fechamento do imóvel.

Os custos são integralmente da Companhia Paulista de Obras e Serviços, que também fará a sinalização da obra. De acordo com Vítor Pedrosa, além do rebaixamento do paredão, serão feitos reparos em pontos da calçada e guias naquele trecho. Também serão feitas adequações em outra parte do muro que está com problemas, na direção da Avenida 24-A.