Anuncie aqui

Com esta medida, usuário sabe na hora se há condição técnica para novas ligações de água e esgoto.

Depois de disponibilizar o recebimento de chamadas de telefones celulares pelo Sistema de Teleatendimento (0800-505.5200), o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) também oferece à população um novo benefício para facilitar o atendimento presencial dos usuários.

A partir de agora, todos os funcionários do setor de atendimento presencial do Daae têm acesso “on-line” aos mapas das redes de água e esgoto, permitindo que os atendentes façam as consultas no cadastro técnico na hora de abrir os pedidos de nova ligação à rede de abastecimento de água. A consulta direta aos mapas no momento do pedido evita, por exemplo, que sejam feitos pedidos de ligação em locais onde não existam as redes de água ou esgoto.

Anuncie aqui

“É mais um recurso de última geração que a administração municipal, por intermédio do Daae, oferece à população rio-clarense para auxiliar e agilizar o atendimento de suas necessidades”, destaca o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

Com a implantação desse novo módulo no sistema de geoprocessamento e cadastro técnico, todos os postos de trabalho do setor de atendimento presencial do Daae têm acesso “on-line” às atualizações das redes de água e esgoto, proporcionando muito mais qualidade e rapidez ao atendimento aos usuários. “Com esta medida, além de facilitar para os usuários, o Daae também está oferecendo melhores condições para o trabalho de seus servidores”, afirma o prefeito João Teixeira Junior.

Vinculando as informações do cadastro técnico das redes aos dados das leituras de consumo de mais de oitenta mil ligações de água e esgoto do sistema público municipal, o departamento de Engenharia do Daae realiza as simulações hidráulicas e as disponibiliza de imediato nos mapas atualizados para consulta pelos atendentes no ato do pedido de ligação.

Os mapas das redes também têm a indicação de registros e válvulas instaladas na tubulação, e poderão ser consultados pelas equipes de manutenção de campo pelos coletores eletrônicos de dados, que já recebem as ordens de serviço diretamente após a triagem das ocorrências abertas pelo sistema de teleatendimento (0800).

De acordo com Bortolotti, outros dados e recursos serão incorporados ao Sistema de Geoprocessamento e Cadastro Técnico do Daae, como informações sobre funcionamento dos reservatórios e estações de bombeamento, medidores de vazão e pressão da tubulação, e sondas de monitoramento da qualidade da água dos rios e da água tratada distribuída à população.

“Esse instrumento de alta tecnologia possibilita consulta “on-line” de informações técnicas que antes ficavam no departamento de Engenharia diretamente pelos atendentes e técnicos de manutenção e operação do Daae, proporcionando a melhoria contínua dos métodos e processos de trabalho para o abastecimento e atendimento aos usuários”, ressalta o Diretor de Gestão, Projetos e Planejamento do Daae, engenheiro Ricardo Pires de Oliveira.

Anuncie aqui