O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil se pronunciaram a respeito do tiroteio que aconteceu no início da tarde de hoje na Catedral Metropolitana de Campinas

Foto: Denny Cesare

De acordo com as informações, um homem entrou quieto na Catedral Metropolitana durante a missa das 12h15, portando uma pistola e um revólver calibre 38. Sentou-se em um dos primeiros bancos perto da porta por alguns instantes, levantou-se e começou a disparar contra todos que estavam no local. Após uma sequência de tiros, o atirador trocou o carregador da arma e neste momento dois policiais militares adentraram na Catedral. Ao ver os policiais, o atirador dirigiu-se ao altar da igreja e deu um tiro na própria cabeça, morrendo na hora. Oito pessoas foram atingidas, sendo que quatro morreram no local, uma morreu no caminho do hospital e outras quatro ficaram feridas. As vítimas fatais seriam quatro homens e uma mulher. Os feridos foram levados ao Mário Gatti e Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp – o estado de saúde de cada um deles não foi divulgado;