Anuncie aqui

Vítima é uma mulher que tinha entre 60 e 69 anos e contraiu o vírus H1N1.

A Secretaria Municipal de Saúde de Piracicaba (SP) confirmou na terça-feira (24) a segunda morte por gripe na cidade em 2019. A vítima é uma mulher que tinha entre 60 e 69 anos e morreu em junho, mesmo mês em que apresentou os primeiros sintomas da doença. Ela foi contaminada com o vírus H1N1.

A idosa morava na região leste de Piracicaba, que inclui os bairros Dois Córregos, Cecap, Taquaral, Piracicamirim, Vila Independência, Pompeia, Cidade Judiciária, Monte Alegre e outros.

Anuncie aqui

A prefeitura não confirma a idade exata da vítima em nem em qual bairro morava. Segundo a secretaria, isso ocorre para não expor a família.

Primeiro caso

A primeira vítima de gripe deste ano na cidade morreu em fevereiro com o vírus influenza B, um dos tipos da doença. Também trata-se de uma mulher que tinha entre 60 e 69 anos. Ela apresentou os sintomas em janeiro.

A paciente morava na região sul da cidade, onde ficam os bairros Água Branca, Campestre, Caxambu, Jardim Elite.

Ao todo, Piracicaba tem cinco casos confirmados de gripe no ano. Os outros três não evoluíram a morte.

Fonte: G1 Piracicaba e Região

Anuncie aqui