Projeto de financiamento de R$ 40 milhões a Rio Claro prevê também realização de cirurgias e internações.

Entre as realizações previstas na Saúde, com a aprovação do financiamento de R$ 40 milhões pleiteado pela prefeitura de Rio Claro, está a criação de um “hospital-dia” onde hoje funciona a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Cervezão. Dos R$ 40 milhões desse financiamento na Caixa Federal, R$ 5 milhões serão destinados à Secretaria Municipal de Saúde. O projeto que pode autorizar o município a receber os recursos está na Câmara de Vereadores para avaliação e votação.

A UPA do Cervezão conta com um centro cirúrgico completo, desativado na administração passada, além da infraestrutura para a criação dos leitos de retaguarda.

De acordo com o secretário de Saúde, Djair Claudio Francisco, a ideia, já apresentada aos vereadores em reunião na semana passada, é que o paciente tenha todo o respaldo necessário incluindo o pré e pós-operatório. “Como são cirurgias de pequena e média complexidade, o paciente é operado e no dia seguinte já pode ter sua alta. Daí o nome ‘hospital-dia’. Os atendimentos de emergência também deverão continuar na unidade”, segundo Djair.

Parte dos R$ 5 milhões que serão destinados à saúde também serão usados para a criação do Pronto Atendimento Infantil (PAI). Esta unidade será implantada em área estratégica do município e contará com infraestrutura toda destinada para atendimento de emergência exclusivo às crianças.

Também dentro dos R$ 5 milhões que serão destinados à saúde estão previstas reformas internas na UPA da Avenida 29, compra de macas, camas hospitalares e colchões para todas as unidades de saúde do município, além da implantação do Hospital Geral em parceria com o Hospital Bezerra de Menezes, com compra de todos os equipamentos necessários para a criação leitos hospitalares de internação para pacientes do SUS.