Anuncie aqui

Segundo informações iniciais da Polícia Federal, a juíza teve cortes no pescoço, mas passa bem. Procurador foi preso. AGU diz que foi informada de tentativa de homicídio e ‘determinou a imediata abertura de sindicância investigativa no âmbito da instituição’.

O procurador da Fazenda Matheus Carneiro Assunção foi preso nesta quinta-feira (3) após esfaquear a juíza Louise Filgueiras na sede Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na Avenida Paulista.

Segundo informações iniciais da Polícia Federal, a juíza foi atacada entre 17h e 19h, teve cortes no pescoço, mas passa bem. O procurador foi levado para a sede da PF na Lapa, Zona Oeste de São Paulo. A juíza deve prestar depoimento na PF.

Anuncie aqui

Em nota, a Advocacia-Geral da União afirmou que “referente à prisão do procurador da Fazenda Nacional acusado de tentativa de homicídio contra juíza federal, o advogado-geral da União determinou a imediata abertura de sindicância investigativa no âmbito da instituição.”

“A Advocacia-Geral da União lamenta o ocorrido, registra irrestrita solidariedade à magistrada e repudia todo e qualquer ato de violência”, diz a nota.

Fonte: G1

Anuncie aqui