Foto - Governo do Estado de São Paulo
Anuncie aqui

Atividades integram a disciplina do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Estadual Paulista em Rio Claro

Estudantes do 5º ano do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Rio Claro promoveram, em parceria com a prefeitura de Ipeúna, a primeira edição do evento GAC (Gestão Ambiental na Cidade).

A iniciativa foi realizada no fim de junho, no Centro Comunitário “Armando Zamboni”, e buscou melhorar a gestão dos recursos naturais e a coleta de lixo, além de aumentar a qualidade de vida da população.

Anuncie aqui

O I GAC é resultado do projeto prático da disciplina Planejamento e Gestão Ambiental, do curso de Engenharia Ambiental, que aborda métodos e instrumentos nas esferas urbana, rural/agrícola, florestal e empresarial/industrial relacionados à gestão ambiental e a atividades de planejamento.

Conscientização

A ação englobou oficinas de compostagem, exposição de painéis com resultados do projeto e brincadeiras educativas com as crianças no contexto “Você sabe para onde vai o seu lixo?”. As atividades tiveram a participação dos alunos da rede municipal de ensino de Ipeúna, instituições ligadas à temática, além da comunidade local.

“O evento foi muito gratificante e as crianças ficaram muito envolvidas com as atividades propostas. Elas pareciam bem felizes em aprender fora da sala de aula convencional. Além disso, os jovens demonstraram bastante engajamento no tema resíduos”, revela Carla Roberta Silva Costa, graduanda em Engenharia Ambiental.

“Foi criador um ambiente de integração entre a universidade e a sociedade, mostrando que a Unesp Rio Claro não é só para os alunos, mas sim para toda população”, ressalta Gabriel Lui, também graduando de Engenharia Ambiental.

Durante a disciplina, além das aulas teóricas, os alunos realizam visitas técnicas em empresas e indústrias, prefeituras, ONGs, espaços rurais e urbanos, para adquirir contato com a realidade da sua atuação no mercado no setor ambiental em diversas esferas.

Resíduos sólidos

O projeto prático abordou as questões ligadas aos resíduos sólidos do Programa Município Verde Azul, do Governo do Estado, coordenado por José Walter Figueiredo Silva, que ministrou palestra e orientou sobre pontos importantes da ação.

“A visita à sede da prefeitura de Itu e à Casa Modelo PCJ foram interessantes, pois observamos os requisitos necessários para certificações ambientais para construção sustentável, demonstrando a viabilidade de aplicação de alternativas sustentáveis. Na esfera urbana e rural, na cidade de Itu, o Hotel Fazenda Areia que Canta e Imaflora auxiliaram na verificação da gestão ambiental na prática em outros setores”, explica Juliana Maia, graduanda em Engenharia Ambiental.

Além de buscar cumprir um dos itens do programa, o projeto realizado na disciplina tem como objetivo principal propor soluções com cenários ideais e possíveis, com vistas às necessidades e expectativas do município, de acordo com viabilidade socioambiental e econômica de cada item proposto.

Soluções

O projeto será entregue à prefeitura como auxílio para aplicação de soluções, envolvendo temas como associação/cooperativa de reciclagem, área de transbordo de resíduos, compostagem, ecopontos e educação ambiental formal e não-formal no tema resíduos sólidos.

O prefeito de Ipeúna, José Antonio de Campos, elogiou o trabalho dos estudantes. De acordo com ele, a parceria com a Unesp sempre rende boas práticas para o município. “Por isso, precisamos aproveitar esse potencial em favor do desenvolvimento do município sempre que possível”, afirma.

O projeto teve apoio do Programa Município Verde Azul, da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, do Sicredi (Ipeúna), do Hotel Pousada Country Ipeúna, da Imobiliária Ipeúna, da WB resolve e do Enjoy It – voo de parapente.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Anuncie aqui