Anuncie aqui

Produção de alimentos sem agrotóxicos, reflorestamento e recuperação de nascentes são algumas das ações destacadas.

O município de Rio Claro apresentou na quinta-feira (7) ao governo estadual algumas das ações realizadas pela prefeitura em prol do meio ambiente e da alimentação saudável. Nos últimos anos, a cidade tem se destacado no cenário estadual com a realização de projetos de sucesso nesses dois segmentos. Um deles é a horta municipal em Ajapi que tem espaço destinado ao cultivo de alimentos orgânicos sem o uso de agrotóxicos e produtos químicos. “Rio Claro vem se destacando nesses dois segmentos e vamos continuar trabalhando para ampliar esses casos de sucesso e tornar a cidade cada vez mais ecologicamente responsável”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

As ações desenvolvidas em Rio Claro foram apresentadas a Paulo Delgado, assessor parlamentar do secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, que não pode participar da reunião por problemas de saúde. A reunião foi agendada pelo ex-deputado estadual, Aldo Demarchi, e contou com a participação do secretário municipal de Governo, Ricardo Gobbi e Silva, e do diretor municipal de Silvicultura, Sérgio Litholdo.

Anuncie aqui

Os produtos cultivados na horta municipal alimentam centenas de famílias carentes. “Já realizamos a colheita de 2.774 caixas de hortaliças e distribuímos 6.680 sacolas de verduras em troca de material reciclável”, informa Litholdo. Além disso, o município desenvolve o Programa Vivência de Horta Caseira, que dá dicas sobre plantio e cultivo de verduras, e já atendeu 3.512 crianças.

Além do cultivo orgânico, Rio Claro também se destaca pelas ações em prol do meio ambiente. Desde 2017 já foram plantadas 18.009 árvores na cidade, iniciativa realizada em conjunto com várias entidades. Com essas e outras ações Rio Claro voltou a pontuar no Programa Município Verde e Azul, recebendo certificação do ciclo de 2019 em julho deste ano. Outra conquista foi a premiação do programa estadual Cidadania no Campo – Município Agro, no qual Rio Claro ficou em primeiro lugar no Estado de São Paulo em ações voltadas para o desenvolvimento do agronegócio de forma sustentável.

No mês passado, Rio Claro recebeu o Prêmio Ação pela Água criado pelo Consórcio PCJ. O município foi premiado pelo projeto “Pequenos Viveiros, Pequenos Produtores”, que visa a recuperação de nascentes e mananciais da cidade. Além do Prêmio Ação pela Água, Rio Claro recebeu medalha de reconhecimento ao trabalho do município em prol da qualidade da água. Ainda no setor ambiental, o aterro sanitário de Rio Claro recebeu neste ano a melhor nota dentre os aterros públicos do estado de São Paulo: 9,6 num total de 10, em avaliação feita pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Outro prêmio foi conquistado com a Olimpíada Ambiental, que no ano passado ficou em segundo lugar no prêmio nacional “Melhores Práticas de Sustentabilidade”.

Também participaram da reunião Rodrigo Levkovicz, diretor executivo da Fundação Florestal; o assessor Odair Maia Júnior; Felipe Soave Viegas Vianna, gerente do Senac; Wagner Firmino da Silva, subtenente do Tiro de Guerra; Rafael Andrioli, da Korin – Fundação Mokiti Okada; voluntária Juraci Litholdo;  Valéria Aparecida Ferratone, professora da Asser; Farid Nourani, professor da Unesp; Rogério Antonio de Oliveira e Lucas Xavier Bonfietti, do Instituto Adolfo Lutz; Mauro Tarandach, pediatra e nutrólogo; Márcio Stanziani, coordenador de Relações Institucionais da Associação de Agricultura Orgânica; e Nilson José Dalledone,  Zilda Prado de Oliveira e Miguel Nelson Choveri Júnior, do Inbratec.

Anuncie aqui