Cláudio José Von Zuben, Ricardo Anido, Juninho da Padaria e Patrícia Ellen da Silva.

Prefeito de Rio Claro e diretor da Unesp pediram recursos em secretaria do governo paulista.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e o diretor do Instituto de Biociências da Unesp, Cláudio José Von Zuben, consideraram bastante positiva a reunião que tiveram quinta-feira (11) em São Paulo com Patrícia Ellen da Silva, secretária de estado de Desenvolvimento Econômico, para solicitar recursos que poderão viabilizar uma pista de atletismo para competições de alto rendimento à Unesp de Rio Claro.

“Este é um pleito antigo para beneficiar não só o mundo acadêmico, mas toda a comunidade de Rio Claro e região”, observa o prefeito Juninho, acrescentando que “a Unesp é um patrimônio de nossa cidade e tem se colocado como parceira da prefeitura para as demandas da comunidade”.

No mês passado, Juninho e Von Zuben trataram do assunto em Brasília, em reunião com o deputado federal Geninho Zuliani e na Secretaria Especial de Esportes. “Estamos trabalhando com a expectativa de que estes recursos sejam liberados, o que certamente será muito importante para a Unesp e toda a comunidade da região de Rio Claro”, afirma o deputado Geninho.

O projeto tramita no governo federal desde 2013, mas estava parado. Do governo federal são R$ 8,5 milhões e, do governo estadual, R$ 971 mil. Não há participação financeira do município. O pedido feito em São Paulo é para que o governo estadual libere os recursos referentes à contrapartida no projeto.

O professor Von Zuben lembra que o curso de Educação Física da Unesp existe desde 1984 e que hoje são dois programas de pós-graduação e muitas pesquisas em andamento. “Uma pista neste padrão certamente ampliaria muito nossa infraestrutura”, observa, ressaltando que o trabalho do prefeito Juninho tem sido importante para buscar os recursos. Von Zuben avalia que a pista de atletismo também seria importante para os planos da Unesp de estabelecer parceria com o Instituto Olímpico Brasileiro, conforme proposta feita recentemente pelo instituto.

Da reunião em São Paulo também participaram Danilo Fernandes, assessor técnico da secretaria estadual, e Ricardo Anido, coordenador de ensino superior da secretaria estadual.