‘Notas de corte’ mais altas do exame deste ano são de Medicina, Direito e Psicologia

O número mínimo de acertos para os candidatos que prestaram o Vestibular 2019 da Unesp se classificarem à segunda fase, as chamadas “notas de corte”, foi divulgado nesta segunda-feira (3) pela Fundação Vunesp, junto com a lista dos candidatos convocados à próxima etapa. As provas comuns da segunda fase serão aplicadas nos dias 16 e 17 de dezembro, domingo e segunda-feira, em 35 cidades as mesmas da primeira fase.

Os cursos que precisaram de mais acertos para avançar à segunda fase foram Medicina (integral) em Botucatu, com 75 acertos; Direito (matutino) em Franca, com 57 acertos; e Psicologia (integral), com 55 acertos.

O exame da primeira fase teve 90 questões de múltipla escolha e em apenas oito cursos os candidatos tiveram que registrar mais de 50 acertos para passar à segunda fase. Além dos cursos já citados, estão nesse grupo de Arquitetura e Urbanismo (integral) em Bauru; Artes Visuais – Bacharelado e Licenciatura (diurno) em São Paulo; Direito (noturno) em Franca; todos com notas de corte em 52 acertos; Medicina Veterinária (integral) em Botucatu e Psicologia (noturno) em Bauru, ambas com notas de corte em 51 acertos.

Em relação à segunda fase, para os cursos do Instituto de Artes, na capital paulista, e de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais e Design, estes em Bauru, é aplicada a prova de habilidades, entre os dias 9 e 15 de dezembro, conforme o calendário do Manual do Candidato, disponível para consulta na página da Vunesp.

Veja aqui a lista dos classificados à segunda fase do Vestibular 2019 da Unesp e também a tabela com as notas de corte dos cursos.