Foto: Agência Brasil/Arquivo
Anuncie aqui

Durante encontro com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na segunda-feira (9), o presidente, Jair Bolsonaro, conversou sobre a alta no preço da carne, no Brasil. O encontro foi transmitido, ao vivo, pelas redes sociais de Bolsonaro, que atribuiu o aumento à entressafra e disse que o preço do produto “vai diminuir”.

Ao lado de Bolsonaro, a ministra Tereza Cristina também explicou a alta no preço da carne e adiantou que o preço da arroba já baixou para o produtor e só falta a redução chegar às prateleiras.

Anuncie aqui

Durante o encontro, a ministra relatou ao presidente dados sobre a sustentabilidade do agronegócio brasileiro. Uma das informações é a de que o “pico de preço da carne” é atribuído à entressafra e também a medida do Ministério da Agricultura, em abrir o mercado brasileiro.

Ela acrescentou que a produtividade da carne no Brasil é considerada “muito baixa”.

Na última quinta-feira, dia 5, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) apontou o preço da carne à baixa oferta do produto. Segundo o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, os preços devem baixar no ano que vem, mas não voltarão aos valores praticados antes da alta.

Antes do encontro com a ministra, o presidente Bolsonaro participou da cerimônia de Cumprimento aos Oficiais-Generais promovidos, no Palácio do Planalto. Depois, foi homenageado em um almoço de fim de ano, dos oficiais generais das Forças Armadas.

No período da manhã de segunda-feira (9), Jair Bolsonaro disse a jornalistas que vai analisar a lista de convidados para a posse do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, nesta terça, para avaliar se envia algum representante da Presidência à posse de Fernández.

Fonte: EBC/Agência Brasil

Anuncie aqui