Anuncie aqui

Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social, participou de vivência.

Os sentimentos de alegria, fraternidade e amor ficam mais aflorados nesta época do ano. A beleza deste momento pode ser simbolizada pelas flores, que representam o fim da tristeza, trazem purificação e emanam saúde ao ambiente. Tudo isso está sintetizado na ikebana, arte milenar japonesa de arranjos florais com importante valor cultural e artístico. Um dos principais difusores dessa modalidade artística foi o filósofo espiritualista Mokiti Okada.

Na sexta-feira (20) Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro, foi presenteada com vaso, onde pôde montar sua ikebana. “É sempre muito bom receber o carinho das pessoas”, comenta Paula, acrescentando que o apoio da comunidade é um incentivo importante na realização do trabalho. “Com as flores, os ambientes ficam mais leves e cheios de energia positiva para superarmos os desafios diários”, comentou Paula.

Anuncie aqui

A ikebana foi montada em vivência ministrada por professora Mônica Dematte, da Academia Sanguetsu, que esteve no Fundo Social acompanhada de Maria Augusta, que já participou do curso de ikebana. “O mais importante é o sentimento que você transmite ao montar a ikebana”, orientou a professora, acrescentando que cada material utilizado tem o seu significado. “Com as vivências, difundimos a ikebana e possibilitamos que mais pessoas conheçam e pratiquem essa arte”, observou Mônica.

Anuncie aqui