Anuncie aqui

Interessados devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A prefeitura de Rio Claro, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, segue realizando o projeto “Caminhos dos Resíduos”. Na manhã de terça-feira (11), alunos de sete a 11 anos do projeto da Escola Municipal “Profª. Diva Marques Gouvêa” participaram da segunda edição do passeio.

De ônibus, o departamento de resíduos sólidos leva os participantes pelo mesmo trajeto pelo qual são levados os resíduos recolhidos na coleta seletiva, passando por pontos de coleta, de separação dos resíduos, ecopontos e aterro municipal. Em todo o percurso são feitas explicações sobre o processo de coleta, ressaltando a importância de separar corretamente o que é produzido em casa e no trabalho.

Anuncie aqui

“O principal objetivo é conscientizar e estimular pessoas de todas as idades a separarem e destinarem corretamente o material reciclável para a coleta seletiva”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi.

Em Rio Claro, é produzido em média, quatro mil toneladas de resíduos domiciliares (orgânicos e recicláveis) por mês, que são depositadas no aterro. Desse montante, apenas 4,5% são separados pela população para a destinação correta, totalizando 180 toneladas de material. De acordo com o departamento de Resíduos Sólidos, o município despende R$ 104,00 para cada tonelada de resíduos que será enterrada no aterro, por isso a reciclagem também ajuda o município a economizar.

“Quando enterrado, o resíduo, orgânico ou reciclável, não é mais aproveitado. Ou seja, o material que poderia ser reaproveitado e servir de sustento à coletores, acaba sendo desperdiçado”, destaca o secretário, ressaltando que reciclar resíduos também representa enorme ganho ambiental.

“A coleta seletiva inclusive ajuda a elevar a vida útil do aterro municipal, além de desonerar os cofres públicos “, acrescenta o diretor de resíduos sólidos, Willian de Oliveira.

Para participar do projeto “Caminhos dos Resíduos”, os interessados devem fazer agendamento pelo e-mail semarioclaro@gmail.com. São atendidos grupos de até 30 pessoas. Na próxima semana, o passeio será feito com crianças do Educandário Santa Maria Goretti.

“O passeio causa mostra o atual cenário da coleta de resíduos no município. É uma iniciativa para estimular as pessoas a colocarem os recicláveis corretamente para a coleta”, reforça Leonardo Andrade, gerente de planejamento ambiental e um dos guias do programa.

A atividade também é mais uma ação desenvolvida pelo município de Rio Claro em atenção às diretivas do “Programa Município Verde Azul”, iniciativa do governo estadual que pontua investimentos ambientais feitos pelos municípios.

Coleta seletiva

A coleta seletiva é realizada na maioria das regiões de Rio Claro das 8 às 16 horas. Na região sul, centro e distritos de Assistência e Batovi, a coleta é feita das 17 às 21 horas. Há dias específicos de coleta para cada bairro. O calendário está no site da prefeitura,www.rioclaro.sp.gov.br, no link “Serviços”, na parte superior da página.

Além da coleta seletiva, o município tem uma série de outros serviços para garantir a destinação correta de resíduos, como seis ecopontos, serviço de cata bagulho e coleta de resíduo domiciliar, que atende todos os bairros. Mais informações no site www.rioclaro.sp.gov.br.

Anuncie aqui