A Romaria e Festa em Honra a Nossa Senhora de Caravaggio, que está em sua 59ª edição, é o mais antigo evento da cidade e um dos maiores eventos religiosos do Estado.
Nos primeiros anos, o evento era apenas para a comunidade da Região, mas com investimentos no Santuário de Caravaggio de Canela, a Romaria e a Festa vem crescendo, bem como a programação, que neste, terá 3 finais de semana de festejos.
No domingo, 12 de maio, Dia das Mães, ocorrerá a primeira romaria do evento. Trata-se da Procissão Luminosa que reúne os fiéis num Monumento da Prece, no Santuário, para seguirem até a cripta, às 18h30. Seguindo a imagem de Nossa Senhora os presentes iluminam o caminho com velas e lanternas, trazendo um ar intimista, levando a reflexão e oração.


A Romaria Motorizada e de Motociclistas sairá da Igreja Matriz às 9h, do dia 19, rumo ao Santuário, distante 7km do centro da cidade. Frotas de empresas, automóveis particulares, caminhões, e centenas de motociclistas buscam as bênçãos da Santa Milagrosa neste dia. Na chegada haverá Missa Campal e gastronomia diversa.
No dia 25 de maio, ocorrerá a Romaria dos Jovens e Jornada Diocesana da Juventude. Com um dia dedicado a eles, jovens da maioria das paróquias da Diocese de Novo Hamburgo participam do evento. Após a Missa Campal, que ocorre quando os romeiros chegam ao Santuário, muitas atividades dedicadas a juventude estão programadas, encerrando, às 15h30, com show da Irmã Ana Paula, que faz parte da congregação das Irmãs Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo. Milhares de jovens são esperados para o evento, que conta com a participação da juventude católica de Canela e de Novo Hamburgo na organização, desde a animação da Romaria, até a liturgia da Missa, bem como todas as atrações ao longo do dia seja do agrado deste público.
No dia mais esperado do evento, 26 de maio, dia de Nossa Senhora de Caravaggio, será a vez da Romaria a Pé, a maior do evento. Milhares de devotos homenageiam a Mãe Maria com a caminhada de 7km, da Catedral de Pedra até o Santuário. Alguns para pagar promessas, outros para agradecer por graças alcançadas e, até aqueles que participam com a única intenção de rezar. É nesta romaria que encontramos o maior número de pagadores de promessas que carregam grandes cruzes, fazem o percurso de pés descalços, carregam crianças vestidas de anjo e, velas enormes, enfim, são as mais diversas manifestações de fé e devoção. Para recepcionar os devotos, antes da Missa Campal, os organizadores estão programando surpresas que vão emocionar os presentes. Show com o escritor, compositor e cantor, sacerdote da Diocese de Caxias do Sul Padre Ezequiel Dal Pozzo fará parte das atividades no último de evento, que terá, pela primeira vez, Missa Campal, às 16h, encerrando a programação do mês de maio no Santuário de Caravaggio de Canela.
As romarias dos Jovens e a Pé saem da Igreja Matriz às 8h, em direção ao Santuário de Caravaggio de Canela.
Em todos os dias do evento, a gastronomia contará com restaurante de comida caseira, churrasco e galeto para as famílias que preferem fazer piquenique no parque, lanches, doces e, o tradicional pastel de massa caseira, que sempre é o mais procurado.
Cerca de 100 mil pessoas são esperadas neste mês, no Santuário, que recebe devotos não só nos dias de romaria.
A Romaria e Festa é uma realização da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.
Santuário de Caravaggio de Canela
A história do Santuário de Caravaggio de Canela iniciou em 1959, quando foi levada, provisoriamente, uma imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, para a capela instalada onde atualmente é o Santuário. A imagem foi doada pela devota, Ângela Rigotto. Na Capela, pequena e de madeira, onde eram celebradas as missas, atualmente, os fiéis depositam muletas, capacetes, fotos e outras homenagens a Santa de Caravaggio pelas graças alcançadas. A pequena capela ainda sedia a celebração de Missa todos os dias 26, de cada mês, exceto em maio, em função da Romaria a Pé.
O Santuário está localizado a 7km do centro de Canela, na RS 235/km55, em um parque que conta com 7,5 hectares de mata nativa e infraestrutura para receber o público.