A represa do Broa é uma das atrações turísticas de Itirapina

 

A Assembleia Legislativa aprovou, em sessão extraordinária realizada na noite de terça-feira (5), projeto de lei que classifica 43 cidades como Municípios de Interesse Turístico (MITs). A proposta é de autoria dos 94 deputados estaduais. Itirapina faz parte da lista a partir de iniciativa do deputado Aldo Demarchi (Democratas). Da região de Rio Claro, também foi contemplada a cidade de Ipeúna.

Os MITs recebem recursos anuais de aproximadamente R$ 650 mil do governo do Estado para investimentos na infraestrutura turística. Agora, a proposta será encaminhada ao governador João Dória (PSDB) para sanção.

A relação incluiu Adamantina, Araçatuba, Adolfo, Anhembi, Araçoiaba da Serra, Barra do Turvo, Bebedouro, Bocaina, Botucatu, Divinolândia, Dois Córregos, Garça, Guaíra, Ibirarema, Icém, Igarapava, Indiaporã, Ipeúna, Itapeva, Itaporanga, Itariri, Itirapina, Jaboticabal, Jarinu, Juquiá, Juquitiba, Lavrinhas, Marília, Mogi Mirim, Palmeira D”Oeste, Pauliceia, Pirapora do Bom Jesus, Pongaí, Porto Ferreira, Santa Albertina, Santa Clara d”Oeste, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São Manuel, Timburi, Três Fronteiras, Valentim Gentil e Votorantim.

Para que seja considerado de Interesse Turístico, o Município deve preencher requisitos como belezas naturais, serviço médico emergencial, hospedagem, rede de alimentação, abastecimento de água potável e coleta de esgoto.