Moradores do bairro Jardim Figueira, em Rio Claro (SP), dizem que casos de furtos e roubos se tornaram comum na região a partir de novembro deste ano. — Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV
Anuncie aqui

Onda de furtos e roubos preocupa no bairro Jardim Figueira. GCM diz que realiza rondas.

Os moradores do bairro Jardim Figueira, em Rio Claro (SP), adotaram medidas de segurança para se precaver contra furtos e roubos, que eles dizem ter se tornado comum na região a partir de novembro deste ano.

Eles instalaram câmeras de segurança e criaram um grupo em uma rede social para trocarem mensagens de alerta sobre casos no bairro.

Anuncie aqui

A Guarda Municipal informou que realiza rondas no bairro, em apoio à Polícia Militar.

Relatos

Um vídeo de câmera de segurança mostrou um criminoso tentando invadir duas casas e fugindo após perceber a presença de um morador. A câmera era da moradora Tereza Aparecida Sena, que havia instalado o dispositivo dois dias antes.

Em dois dias seguidos, duas casas foram invadidas no mesmo quarteirão. Na semana anterior, dois vizinhos da frente dessas casas tinham sido vítimas de furto.

“Eu tenho medo. Escureceu, eu fico para dentro de casa. Quase nem saio, fico mais preso do que os criminosos”, relatou o aposentado Antônio Miguel Soares.

Moradores do bairro Jardim Figueira, em Rio Claro (SP), adotam medidas de segurança contra furtos e roubos. — Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV

Os ladrões levaram eletrônicos e outros objetos. “Você se sente vulnerável, principalmente por não saber o que [o criminoso] quer. Se é uma questão de tirar um bem seu ou física”, disse o aposentado Edson Melanda.

Apesar das medidas adotadas para se protegerem, os moradores pedem por mais segurança. Eles relataram que fizeram boletins de ocorrência dos casos e estão organizando um abaixo-assinado para pedir providências.

“Querendo ou não, aqui você não vê a polícia passar. A gente fica com medo porque já fizeram uma mulher grávida de refém e estão pulando com a gente dentro de casa. Está todo mundo assustado”, contou a moradora Aline Cristina Silva.

Uma mulher, que não quis se identificar, teve quase todos os objetos da sua casa furtados. Em novembro, ela se deparou com um criminoso que estava invadindo sua sala.

“Está bem difícil. Você está dentro da sua casa, em um lugar que você deveria ter segurança, se sentir em paz e você fica o tempo todo com medo”, relatou.

Moradores do Jardim Figueira, em Rio Claro (SP), criaram um grupo em uma rede social para trocarem mensagens de alerta sobre os casos. — Foto: Ronaldo Oliveira/EPTV

GCM e PM

De acordo com a prefeitura, recentemente houve um registro criminal no bairro, sobre um caso de lesão corporal, que foi atendido pela Guarda Municipal.

A Polícia Militar informou que, entre janeiro e outubro deste ano, houve redução de 22,5% nos casos de roubo e 18% nos casos de furto, em relação ao mesmo período de 2018.

A corporação disse que realiza policiamento ostensivo e preventivo no município.

Fonte: G1 São Carlos e Araraquara

Anuncie aqui