Anuncie aqui

Evento resgata a saudade do Carnaval da Capital da Alegria e reúne as 4 escolas de samba em animada noite no GG

No último dia 15 de fevereiro, o Grupo Ginástico realizou a 2ª Noite do Carnaval intitulado “Se Jogga na folia”, ao realizar o tradicional evento Sambas e Bandeiras que estava em recesso há 3 anos.

O evento reuniu um grande público, as 4 escolas de samba de Rio Claro e suas comunidades relembraram os imortais sambas enredo das escolas que brilharam recentemente em nossos carnavais, que hoje acalentam o sonho de retornar a passarela do samba.

Anuncie aqui

Cada uma das escolas levou uma de suas peculiares ao evento, mas todas com muita animação.

“Iuri Capretz – Morgado & Capretz”

A Escola de Samba Uva, a primeira a se apresentar portou-se como se fosse um desfile na passarela do samba com comissão de frente, ala coreografada, casais de Mestre Sala e Porta Bandeiras: 1º Cezar Augusto & lilian, e também os casais Marcelo & Luciana e Adriano & Man  E a bateria Fúria chegou triunfante completa com sua Rainha a nossa Eterna Miss Ana Paula Barrote.

“Iuri Capretz – Morgado & Capretz”

Ao se apresentar a caçulinha entre todas as escolas se mostrou-se muito animada e preparada para suas apresentações. A escola estará desfilando no Carnaval de Cordeirópolis e também em Santa Cruz da Conceição.

“Iuri Capretz – Morgado & Capretz”

A segunda escola foi a Campeã do último Carnaval, a Escola de Samba Grasifis “A Voz do Morro”. Que apresentou seu samba campeão do Carnaval 2016, quando a escola comemorou seus 60 anos. Durante a apresentação os intérpretes relembraram sambas imortais que fizeram parte da história do Carnaval.

“Iuri Capretz – Morgado & Capretz”

A escola iniciou sua apresentação contando um pouco da sua trajetória em nosso carnaval. Ela chegou tímida apresentando sua velha guarda. Mas ao tomar conta do salão principal a escolha cresceu perante o público e foi um grande sucesso.

A Casamba Terceira escola a se apresentar chegou com poucos componentes, mas cumprindo o protocolo com de bateria de apresentação, mestre sala / porta bandeiras e passista.

O casal de mestre sala e porta bandeiras Dico e Thaís Scaravatto                   Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

O grande destaque da apresentação da Casamba foi a ala de chocalho composto por mulheres o mestre Thierry arrancou aplausos com a dedicação e empenho das meninas. A escola agitou o público com o Enredo de 2016 quando a escola comemorou seus 40 anos. O samba foi cantado pelo ginástico com grande entusiasmo.

Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

 

Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

Já a Samuca se apresentou como uma escola de samba com comissão de frente, destaques, ala das baianas, velha guarda, porta estandarte, 5 casais de mestre sala e porta bandeiras.

Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

Centenas de ritmistas comandados pelo mestre Ricardinho. A escola empolgou o público desde a apresentação do seu esquenta os sambas enredos levaram o público ao delírio.

Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

Com o Primeiro Casal de Porta Bandeiras; Deborah e Gustavo Lunardi e os demais casais do elenco da escola; Maria Eduarda e Pedro Henrique. Thaís Lopes e Luan. Larissa e Vinicius. Cris Sass e Bruninho.

Foto: Iuri Capretz – Morgado & Capretz

Para encerrar a noite a Escola de Samba Paulistana Vai Vai se apresentou em grande estilo com bateria de apresentação, mestre sala e porta bandeiras e passistas.

Confira mais imagens da Noite de Sambas e Bandeiras na Galeria. Fotos de Ana Murbach e Colaboração do Fotografo Iuri Capretz – Morgado & Capretz

Anuncie aqui