Anuncie aqui

Município já destinou quase R$ 3 milhões para projetos nas áreas de saúde, cultura, desenvolvimento social e esportes e turismo.

A prefeitura de Rio Claro está ampliando os investimentos em projetos incentivados com recursos de tributos municipais, como IPTU, ISSQN e ITBI. Dessa vez as áreas contempladas são saúde e cultura que vão receber R$ 643,6 mil em investimentos. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, assinou nesta terça-feira (11) mais um lote de autorizações para que os proponentes possam captar recursos junto a empresas ou pessoas físicas, que podem destinar até 50% do valor desses tributos para investir em ações e projetos sociais através da lei de incentivo fiscal para projetos culturais. O dinheiro será pago diretamente às entidades beneficiadas e o incentivador receberá certificado da prefeitura comprovando o pagamento.

“É um valor significativo que se transformará em cultura e conhecimento nas mãos de cada um de vocês”, disse o prefeito Juninho da Padaria aos seis proponentes dos projetos. “Fico muito feliz em fazer parcerias com pessoas de bem, que querem fazer a diferença principalmente para atender as pessoas que mais precisam”, acrescentou Juninho, ressaltando que esse é o terceiro lote de autorizações que somam juntos quase R$ 3 milhões em investimentos em projetos nas áreas de saúde, cultura, desenvolvimento Social e esportes e turismo.

Anuncie aqui

A secretária municipal da Cultura, Daniela Ferraz, observou que a comissão que aprova os projetos visa atender os requisitos das políticas públicas municipais e o que dispõe o plano municipal de cultura, que é diversificar e descentralizar o atendimento. “Nosso objetivo é disseminar atividades culturais e atender um amplo público”, frisou Daniela, solicitando aos proponentes que façam bom uso do dinheiro público. “São recursos que a prefeitura deixa de executar por conta própria para que vocês utilizem com responsabilidade e em benefício da comunidade”, observou.

Para o vereador Ney Paiva, “é mais gostoso investir em cultura e esporte do que precisar investir em saúde”. Já Sérgio Christofoletti agradeceu o empenho da Secretaria da Cultura em encampar e colocar em prática a lei de incentivo fiscal.

Os projetos contemplados foram: “I Mostra de Teatro de Bonecos e Contação de Histórias” proposto por LirArte, que terá disponível R$ 120 mil; “Grupo Ginástico Rioclarense Eventos Filantrópicos e Institucionais 2020” (William Nagib Filho – R$ 40 mil); “Mostra Itinerante de Circo e Teatro de Rua em Rio Claro” (Anita Sandroni – R$ 120 mil); “Circo Vivo / Um Resgate ao Picadeiro” (Nathalia Philadelpho Machado – R$ 86.200,00); “Orquestra de Violeiros de Rio Claro” (Osmar Lucianetti Quevedo_ME – R$ 50 mil); e “Exposição sobre Tecnologia Cerâmica” (Soraya Martins de Alencar – R$ 227.400,00).

Anuncie aqui