Federação Paulista de Futebol — Foto: Emilio Botta
Anuncie aqui

Após videoconferência, FPF anuncia investimento em “protocolo de retomada do futebol”

Numa reunião por videoconferência realizada na tarde desta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol decidiu não fixar uma data para a volta aos treinos. A entidade resolveu manter a ideia de só permitir que seus filiados retornem depois que a Secretária Estadual de Saúde autorizar. O Estado de São Paulo está com isolamento social decretado até 10 de maio. Até lá, o governador João Dória vai comunicar um plano de saída da quarentena.

Os clubes também oficializaram um acordo que até então era informal, de voltarem todos em conjunto aos treinos, para não criar uma sensação de concorrência entre os times.

Anuncie aqui

A FPF ainda decidiu que vai investir os R$ 120 mil recebidos da CBF – parte de um pacote de ajuda que atendeu a todas as federações estaduais – na elaboração de um “Protocolo de Retomada do Futebol”. O mesmo destino terá a verba que seria utilizada para a festa de premiação dos melhores do Campeonato Paulista. Em 2020, por motivos óbvios, não haverá festa.

A posição da FPF contrasta com a da Federação do Rio de Janeiro, por exemplo, que neste domingo autorizou seus clubes a retomarem os treinamentos.

O Campeonato Paulista foi interrompido em meados de março, quando faltavam seis rodadas para ser concluído – duas da fase de grupos e outras quatro do mata-mata.

Em outra reunião, realizada em abril, Federação e clubes decidiram que o Campeonato Paulista da Série A1 será concluído no campo, com o regulamento original. A única alteração foi permitir a inscrição de novos jogadores fora do prazo inicialmente previsto.

Veja abaixo a nota oficial da FPF:

“A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 – 2020 realizaram reunião virtual nesta segunda-feira, 4 de maio de 2020, a fim de atualizar os acontecimentos em decorrência da Pandemia de COVID-19 e a retomada do futebol, quando esta for autorizada. Neste sentido, prezando pela transparência, listamos abaixo os temas tratados na videoconferência:

• A Federação Paulista de Futebol e os clubes participantes do Campeonato Paulista Série A1 lamentam profundamente as 7.025 mortes registradas no país até este domingo e nos solidarizamos com todas as famílias que perderam seus entes;

• O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas;

• Esta coesão e o compromisso com a saúde pública também se refletem no retorno aos treinos. Em comum acordo, todos os clubes decidiram voltar aos treinamentos em conjunto, na mesma data, que será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde. O mesmo prazo será aplicado à equipe de arbitragem da FPF;

• A Federação Paulista de Futebol mantém contato constante com o Governo do Estado de São Paulo e enviou o Protocolo de Retomada do Futebol, produzido pela Comissão Médica da FPF, presidida pelo Prof. Dr. Moisés Cohen. O documento contém medidas preventivas e de controle para o término da competição, tão logo as autoridades permitam;

• A FPF decidiu que não realizará em 2020 a tradicional Festa de Premiação dos Melhores do Campeonato. O valor que seria investido no evento será integralmente revertido para o custeio do Protocolo de Retomada do Futebol. O mesmo acontecerá em relação ao apoio financeiro recebido pela CBF, no valor de R$ 120 mil.

Assim como milhões de torcedores, a Federação Paulista de Futebol e os clubes participantes do Campeonato Paulista Série A1 anseiam pelo retorno do futebol. O Campeonato Paulista será finalizado, sim, em campo. No entanto, temos a convicção de que o momento é de cuidado com a saúde e a vida de todos os brasileiros. Assim, seguiremos todos os prazos e protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades.”

Fonte: globoesporte.com

Anuncie aqui