Foto Reprodução: Danz/NBB
Anuncie aqui

Vitória de virada por 86 a 80 foi o quarto triunfo seguido da equipe paulista, que segue viva na briga pelo G-8 do NBB

Pinheiros e Rio Claro fizeram um confronto equilibrado pela 19ª semana do NBB na noite de quarta-feira (11). No fim do jogo, boas bolas do argentino Fabián Sahdi fizeram a diferença e deram a vitória de virada ao Rio Claro por 86 a 80 dentro do ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo.

Esta foi a quarta vitória seguida da equipe do interior paulista, que se mantém na nona posição da tabela, sonhando com o G-8. Já o Pinheiros sofreu a quarta derrota, mas permanece na sexta posição do NBB.

Anuncie aqui

O jogo

O Rio Claro começou melhor o primeiro quarto, liderando as vantagens no placar e aproveitando os erros da equipe da casa. Nos dois pontos de Ruiz, o time do interior chegou a abrir cinco pontos de diferença (5×10). Depois do Pinheiros chegar ao empate, o argentino Sahdi acertou seu primeiro arremesso de três pontos e recolocou o Rio Claro na frente (10×13). O quarto ficou bastante equilibrado e os visitantes voltaram a abrir vantagem na cesta de três de Pastor. No estouro do cronômetro, Dawkins também acertou de fora do garrafão e deixou o Pinheiros a dois pontos no final do primeiro quarto (22×24).

No segundo período, o Rio Claro chegou a abrir oito pontos de vantagem depois dos pontos de Figueroa e Pastor (24×32). Aos poucos, o Pinheiros voltava para o jogo com boas bolas de Torres, Betinho e Dawkins. Faltando 1min15s, Scaglia empatou o confronto em 38 a 38. E, com os lances livres de Betinho e os dois pontos de Torres, a equipe da casa foi para o intervalo vencendo por 42 a 39.

Na volta para o terceiro quarto, Ware marcou de três pontos e aumentou a vantagem do time local. A diferença chegou a oito pontos no arremesso de Betinho (52×44). O Rio Claro passou a se recuperar no quarto e chegou ao empate com Figueroa. Na sequência, no entanto, a bola de longe de Ware recolocou o Pinheiros na frente. No fim, a sequência de lances livres de Isaac ajudou a equipe da casa a fechar o período na frente em 62 a 59.

O equilíbrio se manteve no quarto decisivo. Com boas bolas de Torres e de Scaglia, o Pinheiros chegou a abrir dez pontos de vantagem (69×59). Mas, rapidamente, o Rio Claro conseguiu uma boa sequência de sete pontos e se recuperou (69×66). O Pinheiros se mantinha na frente do placar, administrando bem a vantagem. Mas faltando apenas 58 segundos para o fim do jogo, os visitantes conseguiram empatar o confronto (78×78). E viraram na bola de três de Sahdi faltando 35 segundos.

O argentino ainda acertou dois lances livres e aumentou a diferença dos visitantes (78 x 83). No fim, quem administrou a vantagem foi o Rio Claro, que garantiu a vitória por 86 a 80 fora de casa.

Caio Torres, do Pinheiros, foi o maior pontuador da noite com 27 pontos e 6 rebotes. Do lado do Rio Claro, destaques para Vinicius Pastor, que conseguiu 15 pontos e 10 rebotes, e Fabián Sahdi, com 18 pontos e cinco assistências.

Ainda pela 19ª semana, o Pinheiros volta à quadra no próximo sábado (14), às 18h, para enfrentar o Brasília. O Rio Claro joga apenas no dia 18, quando recebe o Flamengo, às 19h.

Foto Reprodução: Danz/NBB

Fonte: www.olimpiadatododia.com.br

Anuncie aqui