Anuncie aqui

Com procissão pelas ruas do Bela Vista e Missa na Capela Nossa Senhora das Graças, neste dia (27/11), ás 19h30 comunidade festeja o Dia da Padroeira

Nesta quarta-feira (27), não haverá a tradicional missa e novena da saúde as 19h30 na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Toda a comunidade estará reunida na Capela de Nossa Senhora das Graças para festejar o Dia da Santíssima Virgem da Medalha Milagrosa. A celebração será presidida pelo Pároco Pe. Ranato Andreato. A equipe litúrgica da Capela preparou inúmeras atividades que irão revelar toda a Fé e Devoção a Nossa Senhora das Graças, entre elas procissão pelas ruas do bairro e a Coroação de Nossa Senhora das Graças encerra o ato litúrgico.

Anuncie aqui

Em conversa com o Cidade Azul Notícias; Pe. Renato Andreato Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida; “Hoje é um dia em que recorremos as nossas súplicas a Nossa Senhora das Graças para sermos contemplados com as Bençãos de Deus em Nossa vida. Nossa Senhora das Graças é a medianeira intercessora da qual reverenciamos na nossa devoção, pedimos a ela que alcancemos com êxito nossos pedidos e súplicas, que fazemos a Deus por intermédio dela.”

Sobre a Capela de Nossa Senhora das Graças Pe. Renato comenta; “A capela aqui em Rio Claro é como o Santuário em Paris na França, a nossa Capela também é assim simples, humilde, mas com uma fortaleza muito grande de homens e mulheres que devotamente manifestam a sua reverência a Deus por intermédio de Nossa Senhora das Graças”. Comenta Pe. Renato.

Sobre a devoção dos fiéis Padre Renato Diz; “Nos temos essa devoção para manifestar ao mundo que por meio de Maria, ela torna assim uma presença visível de Cristoem  nossa caminhada de cristãos e de  missionários neste mundo, ela mesmo convida-nos a uma mudança de vida em Cristo, como no evangelho de João onde Maria diz; Fazei tudo o que meu filho vos disser. Nossa Senhora das Graças é aquela que debaixo dos seus pés encontra-se a serpente do mal o sinal do mal no mundo e muitas vezes deparamos com essa maldade que muitas vezes quer nos arrebatar para o caminho do pecado da maldade da corrupção. Diante disso Maria vem interceder como uma mãe que cuida de nós ela é a Senhora da Luz.” Orienta Pe Renato.

Durante conversa com nossa reportagem Pe Renato acrescentou o convite a todos as comunidades; “Convido você católico a estar conosco hoje ás 19h30 na Capela Nossa Senhora das Graças que fica na rua 10 A, esquina com a Avenida 40 A, número 890. Para celebrarmos nossa Fé em Cristo e em Nossa Senhora das Graças. A celebração começará com a procissão onde iremos percorrer as ruas em seguida será celebrada uma Santa Missa em Louvor a Nossa Senhora e no final teremos a Coroação de Nossa Senhora das Graças, Avante!” finaliza assim Padre Renato.

Para quem gosta de informações completas convidamos a conhecer um pouco mais a história de Nossa Senhora das Graças e de Santa Catarina de Laboré.

Nossa Senhora das Graças, e a Medalha Milagrosa

 A Santíssima Virgem, no dia 27 de novembro de 1830, aparece de novo, na Capela, à Catarina Labouré. Dessa vez foi às 17h30, durante a oração das Irmãs e das noviças, sobre o quadro de São José (hoje, o local onde se encontra a Virgem do Globo). Antes, Catarina vê dois globos vivos, que passam, um após o outro, e nos quais a Santíssima Virgem se mantém em pé, sobre a metade do globo terrestre, seus pés esmagando a serpente.
No primeiro quadro, a Virgem Maria traz nas mãos um pequeno globo, dourado, com uma cruz superposta, que Ela eleva aos céus. Catarina ouve: “Este globo representa o mundo inteiro, particularmente a França e todas as pessoas”.

No segundo, saem de suas mãos abertas raios de um brilho resplandecente. Catarina ouve ao mesmo tempo uma voz que lhe diz:
“Estes raios são o símbolo das Graças que Maria alcança para os homens”.
Depois, em forma oval, forma-se a aparição e Catarina vê inscrita, em letras de ouro, esta invocação: “ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós!”
Então uma voz se faz ouvir: “Fazei cunhar uma medalha sob este modelo. As pessoas que a usarem, com confiança, receberão muitas graças.”

Algumas pedras preciosas não reluziam.
“Estas pedras que permanecem sombrias representam as graças que esquecem de me pedir”

No mesmo instante, o quadro pareceu voltar-se e Catarina vê o reverso da Medalha: no alto, uma cruz, com a inicial do nome de Maria superposta, e, em baixo, dois corações, um coroado de espinhos, e outro, transpassado por uma lança.
E Catarina ouve uma voz que dizia: “ o M e os dois corações dizem bastante!”

Maria, Jesus! Dois sofrimentos, unidos para nossa Redenção.

Fonte: www.oimaculadocoracaotriunfara.com.br/um-27-de-novembro/

 

Anuncie aqui